sábado, 5 de setembro de 2009

TODAS AS RAÇAS


“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o Seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nEle crê, não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 3:16).
Textos adicionais: Atos 8:26-40; 10:34; Efésios 4:6.

Material Necessário
1 pacote de cada tipo de feijão (feijão preto, feijão branco, feijão carioquinha, feijão jalo, feijão vermelho, soja)
1 figura de Jesus em pé
1 tigela transparente
Papel cartão
Tesoura
Cola

Modo de Preparar
Cole a figura de Jesus em papel cartão e recorte o contorno (a figura deve ter aproximadamente 25 cm de altura).
Use uma tigela transparente para que se possa ver seu conteúdo. Os feijões deverão estar em pacotes separados.

Mensagem
Conte a história de Filipe e o etíope, dando ênfase ao desejo e às necessidades do etíope e ao fato de Filipe haver sido enviado para ajudá-lo. À medida que for contando a história, pegue um feijão branco e mantenha-o à vista enquanto segue falando. Ele representa Filipe. A seguir, segure na outra mão um feijão preto, representando o etíope.

Quando terminar a história, coloque os feijões na tigela.
Esta tigela representa o nosso mundo, com todas as raças existentes.
Feijão Branco
Este feijão representa os anglo-saxões, americanos, ingleses, alemães. Todas as pessoas da raça branca necessitam de Jesus, pois não há outro meio de salvação a não ser em Cristo Jesus.
Feijão Vermelho
Este feijão representa os índios, que também necessitam de Cristo. Se não pudermos ir até onde eles estão, podemos dar nossas ofertas para que outros possam ir e falar a eles do amor de Jesus.
Feijão preto
Há também pessoas de pele negra que necessitam de Jesus. Lentamente, despeje os feijões pretos na tigela e fale a respeito da necessidade que os africanos também têm de conhecer Jesus. Vá acrescentando os outros tipos de feijões, ao falar das diferentes raças que também necessitam conhecer Jesus.
Feijão carioquinha
Pessoas de pele parda, como os hindus na Índia, que necessitam de alguém que lhes explique o evangelho.
Feijão Jalo e soja
Representam os chineses, japoneses, coreanos e todos as pessoas das ilhas orientais pertencentes à raça amarela. Não podemos ir até essas pessoas, mas elas também necessitam de Cristo. Todas as nações necessitam do Evangelho e das boas novas que Filipe transmitiu ao etíope naquele dia, há tanto tempo. Você deseja, assim como Filipe, falar às pessoas do amor de Jesus?
Retire um feijão da tigela, de qualquer cor, e explique que Cristo morreu em favor de cada pessoa, não importa a sua cor. Com a mão, misture os feijões. Fixe a figura de Cristo no centro da tigela e então leia João 3:16. Peça para as crianças repetirem o verso e a seguir cante com elas: “Cristo ama as criancinhas”.

REFLEXÃO
Deus ama todas as crianças. Em toda a Sua Criação podemos perceber claramente a sabedoria e criatividade divinas ao misturar as cores, formas, tamanhos, movimentos e sons.
Cada obra criada por Deus revela a grandeza da Sua criatividade e é por isso que nós não somos iguais. Para Deus, todos somos importantes, não importa o nosso tamanho, nossa voz, o sexo, a cor, a fisionomia etc.
Deus não se agrada quando excluímos alguém. Ele nos ama a todos, igualmente, e deu o Seu filho para salvar a todos.
Quantos gostariam de agradecer a Jesus por esse grande amor?


2 comentários:

Tia Rose® on 5 de setembro de 2009 03:44 disse...

Passei pra fazer uma visita e desejar um ótimo fim de semana. Bom trabalho com as crianças. Bjs docinhos da Tia Rose

João on 16 de fevereiro de 2011 07:22 disse...

Lindo seu blog Deus abençõe sua vida , estamos orando por voce e vamos seguindo assim umas orando pelas outras.

Tia Dulce

tiadulce91@gmail.com

 

A criança no coração de Deus Copyright © 2011 Designed by Ipietoon Blogger Template and web hosting