sexta-feira, 21 de agosto de 2009

A formiguinha








Cenário: Com papel cenário ou craft, desenhe um muro, de rostinho marrom uma criança fica na abertura de um tijolinho para representar este personagem.
Crie um cenário de árvores secas e um pouco de isopor ralado no chão para representar o inverno.
Faça máscaras de EVA para os personagens



Personagens:
Formiguinha - Sol - Muro - Gata - Cão - Homem


Narração: Numa tarde de inverno, a Dona Formiga, não sabendo do grande frio que já estava pela cidade, resolve sair de sua casa à procura de alimentos para os filhinhos. Quando, caminhando e recolhendo as folhinhas, de repente...

Formiguinha: Ai, ai, meu pezinho ficou preso no gelo, e agora, o que vou fazer, preciso levar alimento para os meus filhinhos... ah e agora, se eu ficar aqui vou morrer de frio...

Ah! Já sei!

(Vira-se para o lado e diz para o sol)

Formiguinha: Seu Sol Seu Sol, Tu que és tão forte que derretes a neve, desprende o meu pezinho!

Sol: Não posso Formiguinha, pois mais forte do que eu, é o muro que me tapa.

(o muro tapa o sol)

Formiguinha: Seu muro, tu que és tão forte, que tapas do sol, que derrete a neve, desprende meu pezinho.

Muro: Não posso Formiguinha, pois mais forte do que eu é o gato que me arranha.

(cabisbaixo... entra a gata)

Formiguinha: Dona Gata, Dona Gata, Tu que és tão forte que arranhas o muro, que tapa o sol, que derrete a neve, desprende o meu pezinho.

Gata: Não posso Formiguinha pois mais forte do que eu, é o cão que me persegue.

Formiguinha: Ah, ninguém pode me ajudar.

(Entra o cão)

Formiguinha: Seu cão, seu cão, Tu que és tão forte que persegues a gata, que arranha o muro, que tapa o sol, que derrete a neve, desprende o meu pezinho.

Cão: Não posso Formiguinha pois mais forte do que eu, é o homem que me bate.

(entra o homem)

Formiguinha: Seu homem, tu que és tão forte que bates no cão, que persegue o gato, que arranha o muro, que tapa o sol que derrete a neve, desprende o meu pezinho.

Homem: Não posso Formiguinha.

(Formiguinha de cabeça baixa)

Homem: Existe um que é bem mais forte do que eu. Esse pode te ajudar. Deus. É só você pedir a Ele.

Formiguinha: Ele não me ouvirá.

Homem: Ouvirá sim. É só você pedir com toda a sua força.

Formiguinha: Então ta bom. Oh! Deus que és tão forte! Deus que tudo pode! Solte o meu pezinho.

(O sol reaparece na frente do muro.)

Formiguinha: Oba! Oba! Deus mandou o sol que derreteu a neve e soltou me pezinho.

(Aí faz uma aplicação para a vida da criança, referente a medo, confiança em Deus)

Depois da Formiguinha se despede e volta para a casa.
Adaptação da Estória "A Formiguinha e a Neve" de João de Barro

1 comentários:

Tia Dulce Moraes on 29 de agosto de 2009 10:46 disse...

Conheço bem essa peça.
Apresentamos em nossa igreja há muitos anos trás.
Um abraço.

 

A criança no coração de Deus Copyright © 2011 Designed by Ipietoon Blogger Template and web hosting