terça-feira, 17 de novembro de 2009

Série os Bichos da Bíblia - Uma pomba muito esperta



Baseado na História da Arca de Noé II em Gênesis 8:1-9

(Leve a gravura ou uma pomba de verdade ou em EVA)
Na semana passada ouvimos a história dos animais que foram tão obedientes quanto Noé e sua família e por isso entraram na arca e escaparam de morrer nas águas do dilúvio.
Mas não foram apenas os grandes e os pequenos animais que entraram na arca. As aves também obedeceram e ficaram presas, trancadas dentro da arca por um ano e dez dias! Trezentos e setenta e cinco dias! Já pensaram crianças, ficar todo esse tempo sem poder correr, nadar ou voar? Acho que foi difícil para os animais. Acho que todos não viam a hora de poder sair da arca e ganhar a liberdade outra vez.
Noé também queria sair. Por isso, depois que acabou a chuva, ele esperou até que toda a água baixasse e desaparecesse da terra e então resolveu soltar uma ave para ver se já podiam deixar a arca.
E vocês sabem que animal Noé mandou para fazer este trabalho de reconhecimento? Um corvo. Mas o corvo voou, voou, voou, indo e voltando até a arca. Se ele soubesse falar, diria a Noé: “ainda tem muita água. Não tem uma árvore sequer.”
Noé esperou mais um tempo e agora resolveu soltar uma pomba e sabe por que uma pomba? Porque ela é uma ave muito esperta! Ela sabe voar longe e encontrar o caminho de volta para casa. É por isso que houve uma época em que se usavam pombas como carteiros. Eram chamados de pombos-correio.
Bem, Noé pensou assim: “talvez bem longe da arca haja terra seca onde possamos viver.”Mas a pombinha voou, voou, voou e voltou. Se ela pudesse falar, talvez dissesse a Noé: “Ainda não dá. Só tem lama, nem consegui um lugarzinho para por os meus pés.”
Noé esperou mais sete dias e mandou a pomba de volta para ver se já tinha terra seca. E essa pombinha esperta voou, voou, voou bem longe. Como era bom poder esticar as asas! Como era bom sair do escuro da arca e voar em direção ao sol! Como era bom sentir o vento, beber água pura dos lagos e comer o verde das árvores! Tudo isso era bom, porém Noé, sua família e os animais também queriam sair da arca para aproveitar o sol, a água, o vento e as plantas.
Então, no final do dia, a pomba pegou uma folha de oliveira novinha em seu bico e voou até a arca, e quem sabe posou no dedo de Noé.
Noé deve ter acariciado a sua cabecinha agradecendo por ela ter mostrado a ele que agora já era seguro deixar a arca.
Noé ainda esperou mais uma semana e soltou a pombinha esperta outra vez. Mas agora ela já não mais voltou. Ela havia encontrado uma árvore e talvez feito o seu ninho. Com isso, ela estava dizendo para Noé: você também já pode morar de novo fora da arca.
Assim como a pombinha esperta ajudou Noé, sua família e os animais, hoje as aves nos ensinam a sermos gratos a Deus. Crianças, vocês já ouviram como os pássaros cantam louvando a Jesus todas as manhãs e todas as tardes?
Vamos aprender com os pássaros a ser assim gratos a Deus? Cantemos mais e louvemos a Jesus!

fonte: advir.com/historiasbiblicas
adaptado por: Blog A criança no coração de Deus



1 comentários:

Vânia Morais :D on 17 de novembro de 2009 10:26 disse...

oi flor
estou amando esse serie
bjs mil

 

A criança no coração de Deus Copyright © 2011 Designed by Ipietoon Blogger Template and web hosting